Porquê Comer Arroz?

PORQUÊ COMER ARROZ?
ARROZ VERDADEIRO É INTEGRAL

Os Cereais foram ao longo da História Humana o Alimento Principal, isto é, o Alimento comido em maior percentagem a cada Refeição e também o mais comido frequentemente.

Arroz foi até hoje o Alimento principal da Civilização Chinesa. A ponto de os Chineses dizerem e escreverem como “Refeição” a Palavra “Cereais”. Dizem ainda hoje:

“- Vamos comer os Cereais?”
Significando:
“- Vamos tomar o Pequeno-Almoço?” ou
“-Vamos Almoçar?” ou
“-Vamos Jantar?”
etc.

Assim:
O Arroz foi e continua a ser o Alimento Principal da Civilização Chinesa.
No Japão o Arroz é chamado “Comida dos Deuses”. Considerado um Alimento Sagrado.
O Trigo foi o Alimento Principal da Civilização Romana.
O Milho foi o Alimento Principal da Civilização Inca.
A Cevada e Trigo foram os Alimentos Principais da Civilização Egípcia.

Fui educado por meus pais a, se porventura deixasse cair algum bocado de pão ao chão,
apanhá-lo de imediato e beijá-lo! Pois era considerado algo sagrado. Mas nunca me disseram para apanhar e beijar uma sardinha, um pedaço de carne ou um pedaço de vegetais, caso caíssem ao chão.

Na Religião Católica também usam e benzem Pão na Cerimónia da Missa. Portanto também é encarado como Alimento sagrado, representando o “Corpo” das Pessoas.

Os Cereais Integrais são o Alimento Principal na Alimentação Macrobiótica Zen/Auto-Educação Vitalícia.
A Macrobiótica Zen foi sistematizada e divulgada por todo o Mundo pelo Prof. George Ohsawa (mais tarde conhecida apenas como “Macrobiótica”) e a Auto-Educação Vitalícia foi assim designada pelo Prof. Tomio Kikuchi, Discípulo directo do Prof. George Ohsawa.

George Ohsawa sistematizou 10 Maneiras de Comer (10 Tipos de “Dieta”) a que chamou “10 Caminhos da Saúde para a Felicidade” e designou cada uma delas por um Número, desde “N.º -3” até “N.º 7”.

N.º -3 era a Dieta mais livre e com maior variedade de Alimentos, incluindo Produtos Animais, Saladas e Sobremesas, além de Sopas e Vegetais e contendo a mínima quantidade de Cereais (apenas 10% neste caso).

Já a Dieta N.º 7 era constituída, grosso modo, por 100% Cereais (embora incluindo algum Chá Medicinal ou Líquido, sendo os Líquidos reduzidos ao mínimo possível (dentro do necessário apenas) nem todas essas Dietas. E por vezes com uma pequeníssima quantidade de algum prato especial para cada pessoa e em cada caso, como uma espécie de “Medicamento” (natural, feito com Alimentos cozinhados).

E o Cereal escolhido para a “Dieta N.º 7” era geralmente, sempre que possível, o Arroz Integral, pois tratava-se de uma espécie de “Jejum” ou “Abstinência” durante um determinado período de Tempo, geralmente 10 Dias seguidos, tempo em que o Sangue de cada pessoa está totalmente renovado.

E a vantagem de usar o Arroz Integral, devia-se ou deve-se ao facto de ser o Alimento mais completo em termos de variedade de Nutrientes (Hidratos de Carbono Complexos, Proteínas, Gorduras, Sais Minerais e Vitaminas Diversas) e também mais neutro (em termos de Yin/Yang) e portanto o mais Nutritivo e o mais Seguro para a pessoa comer à vontade a quantidade que lhe apetecer.

ALIMENTO PRINCIPAL
E ALIMENTOS SECUNDÁRIOS
É muito importante o conceito de “Alimento Principal”.
Os Cereais são considerados, sobretudo no critério da Macrobiótica/Auto-Educação Vitalícia, como “Alimentos Principais” e por conseguinte, em termos gerais (embora com adaptações individuais e climáticas), devem constituir a maior parte da refeição (cerca de 60 a 70%, em média).

Todos os outros Alimentos (Vegetais, Frutas, Peixes, Carnes e outros Produtos Animais, etc.) são considerados “Alimentos Secundários”.

E o Arroz Integral é o Alimento mais completo (em termos de Variedade de Nutrientes e em termos até da Proporção desses Nutrientes), sendo sua Composição química muito semelhante ao nosso Sangue Humano.

Por outro lado é também o Alimento mais seguro, por não ser demasiado Yin nem demasiado Yang. Daí usar-se para comer durante a Refeição, intercalando, por exemplo 2 Bocados seguidos de Arroz Integral (Principal) com 1 Bocado de outros Alimentos (Secundário).

TIPO DE ARROZ INTEGRAL
O Tipo de Arroz Integral mais indicado para a maioria das Pessoas é do Tipo Carolino (Bras. Cateto) o qual tem um Tipo de Grão mais arredondado.
Este tipo de Grão de Arroz Integral é levemente mais Yang que os Tipos de Grãos de Arroz Integral mais compridos.
Por outro lado, é também o mais saboroso, em termos de paladar.

BIOLÓGICO (Bras. ORG NICO)
Sempre que possível, consuma Arroz Integral e outros Alimentos Biológicos (Bras. Orgânicos), isto é cultivados e armazenados sem químicos.

MASTIGAÇÃO
É fundamental que mastigue bem os Alimentos.
Gandhi dizia:

“Mastigai os Líquidos e bebei os Sólidos.”
Pois assim:
– Potencializamos e facilitamos fortemente a Digestão e assimilação dos Alimentos.
– Controlamos muito mais eficientemente a quantidade (mínima) de Alimentos a ingerir,
tomando assim maior Consciência do acto da Refeição (Acto Sagrado) e torna-se assim mais fácil evitar comer demais (gula ou excesso).
– Obtemos mais prazer e satisfação, saboreando a comida e bebida.

ARROZ BRANCO É FALSO ARROZ E PREJUDICA
ARROZ INTEGRAL É VERDADEIRO, ALIMENTA E CURA
Arroz Branco (Refinado) é um Produto Falsificado (Arroz Falsificado) e impróprio para consumo, visto que além de ser pobre em Nutrientes (ao retirar a Película que deveria ser mantida, como no Arroz Integral, o Arroz fica privado de numerosas e úteis Vitaminas do Complexo B, etc.

E como se essa Falsificação não bastasse, ainda cobrem os Grão de Arroz Branco com Talco ou Parafina, etc.!!!…Portanto, não é já um Alimento, é Veneno! É uma Fraude!

Em países pobres com menor variedade de Alimentos, comendo à base de Arroz Branco (em vez de Arroz Integral), determinadas pessoas desenvolvem a Doença chamada Beribéri – causando fraqueza muscular, problemas digestivos e consequente fraqueza e emagrecimento excessivo e problemas respiratórios – por carência de Vitamina B1 (Tiamina), devido a ser retirada a Película do Arroz, a qual deve ser conservada e comida, retirando apenas a Casca dura do Grão, como se faz com o Arroz Integral e se fazia tradicionalmente desde tempos antigos.

Arroz Branco e outros Cereais Refinados ou Esbranquiçados, ficam privados de Nutrientes preciosos e ainda por cima são criminosamente intoxicados com Aditivos Químicos, Conservantes Químicos, etc.

Além disso, o Arroz Branco e outros Cereais Refinados têm um efeito no corpo semelhante ao do consumo de Açúcar Refinado, elevando rapidamente a Taxa de Açúcar (Glicose) no Sangue imediatamente após ingerido (tal como ingerindo Açúcar Branco), levando à Aterosclerose (Endurecimento e Entupimento dos Vasos Sanguíneos – Artérias e Veias), podendo levar a AVC (Trombose Cerebral ou Derrame Cerebral) ou Ataque Cardíaco ou Morte Súbita, coisa que não acontece com o Arroz Integral, o qual faz o contrário: Limpa e liberta os Vasos Sanguíneos – Artérias e Veias – evitando Doenças Cardíacas e Cerebrais (AVC, Doença de Alzheimer, etc.).

Os Cereais Integrais são ricos em Nutrientes preciosos, como Sais minerais, Vitaminas, etc., indispensáveis para Limpar o Sangue e Melhorar a Circulação do Sangue, além de Facilitarem a Digestão (quando bem cozinhados e bem mastigados e ensalivados), facilitando assim o Trabalho e Saúde do Coração, do Cérebro e de todo mo Organismo.

Além disso os Cereais Integrais e principalmente o Arroz Integral ajuda na Eliminação de Catabólitos (Resíduos tóxicos Metabólicos).

ARROZ INTEGRAL
PROPRIEDADES MEDICINAIS
Tonifica a região média do corpo (Aquecedor Médio) onde se localiza o Estômago/Baço-Pâncreas e Fígado/Vesícula Biliar (Região Abdominal do Umbigo para cima), fortalecendo assim essa Região, incluindo o Baço-Pâncreas/Estômago, principalmente e por consequência todo o Aparelho Digestivo.

Caldo de Arroz Integral é diurético, favorecendo assim a micção.
Decocção (Cozimento) de Arroz Integral tostado, fortalece o EStômago.
Arroz Integral cozinhado durante várias horas e com consistência de Papa (Creme) é um poderoso tónico e de fácil digestão para Crianças, Idosos, Convalescentes ou Pessoas Magras que necessitem de ganhar Peso e se Fortalecerem.

PELÍCULA DO ARROZ INTEGRAL
É rica em Hidratos de Carbono Complexos (de Absorção lenta, saudável, segura), Gorduras (saudáveis), Proteínas (Proteínas vegetais, obviamente), grande quantidade de Minerais e múltiplas Vitaminas (A, B1, B2, B3 (Niacina ou Vitamina PP ou Ácido Nicotínico), B5 (Ácido Pantoténico ou Pantotenato), B6, B12, Provitaminas C e E.

Ora ao retirar-se a Película, retira-se automaticamente a generalidade de tais Preciosos Nutrientes.

ARROZ INTEGRAL
PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE DOENÇAS
Além de melhorar a Saúde em geral, o Arroz Integral evita a Obesidade, Diabetes, Cancro e múltiplas outras Doenças, servindo também de Alimento de Eleição para o respectivo Tratamento, em conjunto com outros Alimentos e Tratamentos (Acupunctura ou Moxabustão, Exercícios, Compressas de Gengibre, Chás Medicinais e Fitoterapia em geral, etc.).

Melhora a Função Cerebral, Circulação Sanguínea Cerebral, Esclerose Cerebral (Doença de Alzheimer, etc.), Epilepsia, Neuroses, Psicoses, Doença de Parkinson, Processos Degenerativos Cerebrais em geral.

Tonifica o Coração e Sistema Circulatório Sanguíneo (evitando Aterosclerose, Síndrome de Morte Súbita, etc.).

Evita Doenças tais como:
Hipertensão, Diabetes, Úlceras da Pele.

Fortalece os Rins, evitando ou tratando assim:
Fadiga, Síndrome de Fadiga Crónica, Infertilidade (Masculina ou Feminina), Abortos Espontâneos.

ARROZ INTEGRAL À MESA
O Cereal (Alimento Principal) deve ser servido em recipiente à parte (Malga ou Tijela, por exemplo) separadamente dos Alimentos Secundários, que poderão ser servidos num Prato de Conduto (Prato dos Alimentos Secundários, exceptuando a Sopa ou Sobremesa).
MASTIGAÇÃO
Devemos mastigar e ensalivar muito bem os Alimentos.
Cada bocado que se leva à boca deve mastigar-se em média 80 vezes e ensalivando bem.

A Saliva é Alcalina e além disso é rica em Enzimas Digestivas, o que irá proporcionar uma Digestão e Saúde Ideais, promovendo Vitalidade, Saúde e Longevidade, acompanhadas de maior Consciência, Clareza Mental e Inteligência, interligadas com Felicidade e Alegria de Viver, não apenas para a própria pessoa, mas também fazendo que crie e espalhe Harmonia e Felicidade à sua volta, nos seus Relacionamentos.

2021.06.29
Manuel Moreira